Intervenção da fisioterapia Cardiorrespiratória 

A intervenção desenvolvida na Clínica do Movimento na área da fisioterapia Cardiorrespiratória abrange todas as faixas etárias, desde o recém-nascido à população idosa. São utilizadas técnicas manuais diversificadas com os seguintes objetivos:

  • Diminuir a sintomatologia (expetoração, fadiga, tosse, dispneia);
  • Melhorar a expansão pulmonar e torácica;
  • Mobilizar e ajudar a remover secreções;
  • Melhorar a eficiência da ventilação e reduzir o trabalho respiratório;
  • Reduzir a dor torácica;
  • Melhorar a funcionalidade (p. ex. através do treino de atividades diárias);
  • Treinar/capacitar o utente para a adoção de comportamentos saudáveis;
  • Manter ou melhorar a tolerância ao exercício físico;
  • Aumentar a autoeficácia na gestão da doença;
  • Prevenir infeções respiratórias.

Indicações terapêuticas da Fisioterapia Cardiorrespiratória 

A nossa abordagem incide sobre uma vasta rede de patologias (crónicas e agudas, críticas e não críticas):

  • Infeções respiratórias (bronquiolite, pneumonia);
  • Síndromes obstrutivas (asma, doença pulmonar obstrutiva crónica, bronquiectasias, fibrose quística);
  • Síndromes restritivas (atelectasias, fibrose pulmonar, derrame pleural, cifoescoliose);
  • Doenças neuromusculares;
  • Lesões vertebro-medulares altas;
  • Esclerose múltipla;
  • Paralisia cerebral;
  • Doentes acamados e/ou com mobilidade reduzida;
  • Entre outras.

O nosso empenho reflete-se no seu melhor desempenho!

Autora

Joana Coutinho – Fisioterapeuta Lic., Pós-graduação em Fisioterapia Neurológica

Horário temporário
Benefícios da Bicicleta
Deixe o seu comentário