Segundo o plano de vacinação, que pode sofrer alterações em função da evolução do conhecimento científico e das indicações e contraindicações que venham a ser aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos, a estratégia de vacinação será a seguinte:

Fase 1

A partir de dezembro de 2020:

Profissionais de saúde envolvidos na prestação de cuidados a doentes

Profissionais das forças armadas, forças de segurança e serviços críticos

Profissionais e residentes em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e instituições similares

Profissionais e utentes da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

A partir de fevereiro de 2021:

Pessoas de idade ≥50 anos, com pelo menos uma das seguintes patologias:

  • Insuficiência cardíaca
  • Doença coronária
  • Insuficiência renal (Taxa de Filtração Glomerular < 60ml/min)
  • (DPOC) ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração

Fase 2 (a partir de abril de 2021):

Pessoas de idade ≥65 anos (que não tenham sido vacinadas previamente)

Pessoas entre os 50 e os 64 anos de idade, inclusive, com pelo menos uma das seguintes patologias:

  • Diabetes
  • Neoplasia maligna ativa
  • Doença renal crónica (Taxa de Filtração Glomerular > 60ml/min)
  • Insuficiência hepática
  • Hipertensão arterial
  • Obesidade
  • Outras patologias com menor prevalência que poderão ser definidas posteriormente, em função do conhecimento científico

Fase 3 (em data a determinar após a conclusão da segunda fase):

Toda a restante população elegível, que poderá ser igualmente priorizada.

Fonte: https://covid19.min-saude.pt/vacinacao/

 

Feliz 2021
Feliz Natal
Deixe o seu comentário